Seguidores

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O NOVO PATRÃO

ONDE TUDO É NOVO.
Ao entrar para dentro da mina, entrei num mundo que eu nunca imaginei como seria, era como algo do outro mundo, que eu não conhecia. Depois acontece outra coisa, é que é viver num lugar, onde é sempre de noite. Foi uma experiencia muito diferente de qualquer outra que eu tinha vivido, ou que eu vim a viver. Depois tinha outra coisa muito estranha, enquanto eu estava habituado a ver mulheres e raparigas, e eu já começava a olhar para as raparigas. Ali passava-se a semana inteirinha sem se ver um ser vivo, que não fosse homem, porque É um trabalho executado num deserto autentico, a aldeia amais perto que havia, ficava a uns 20 kilometros. E mesmo assim ainda se queixavam com o tremor, provocado pés rebentamentos do fogo.

2 comentários:

Maria Luisa Adães disse...

Gostei da forma como descreves a semana de um mineiro.

Passou-se com alguém de tua família?

Agradeço a tua presença amiga no meu poema "Gente".

Beijos da sempre amiga,

Mª. Luísa

tristeeso.blogspot.com disse...

Olá minha querida amiga. obrigado por vires. Não amiga. o menino sera eu. quando abri este blog, estava disposto a fazer uma espécie de biografia, real. Mas às tantas comecei a ter uma certa vergonha porque s´eu sabia destas coias, e comecei a pensar que as pessoas que me conhecem, me iam chamarde maluco, e então desisti. Mas agora estou apostado, em ccontinuar a contar a minha triste história. Um beijo deste amigo Eduardo.